Facebook libera ferramentas para checar publicidade eleitoral

PROPMARK

Relatório de Transparência e a Interface de Programação de Aplicativo estão disponíveis na Biblioteca de Anúncios


Por Propmark


22 de setembro de 2020 | 14:20


 


O Facebook liberou nesta terça-feira (22) duas ferramentas que facilitam a pesquisa e análise de publicidade sobre política ou eleições no Facebook e no Instagram: o Relatório de Transparência e a Interface de Programação de Aplicativo (API, em Inglês), ambas como parte da Biblioteca de Anúncios.


O Facebook passa a disponibilizar no Brasil os selos “Pago por” ou “Propaganda Eleitoral”, que ficam disponíveis por sete anos na Biblioteca de Anúncios. Desde agosto anúncios sem esses selos não são permitidos na plataforma nem no Instagram.


No Relatório de Transparência, é possível visualizar o total de anúncios sobre política e eleições criados no Brasil com um dos rótulos desde agosto de 2020, assim como o valor total gasto. É possível ainda ver as principais buscas na Biblioteca de Anúncios e filtrar os gastos por data, região ou anunciante. Há ainda uma lista com os maiores anunciantes no último dia ou por intervalo de sete dias, trinta dias, noventa dias e todas as datas.


Já na Interface de Programação de Aplicativo (API) é possível criar pesquisas personalizadas de anúncios com palavras-chave. Para ter acesso à API, é necessário confirmar identidade e localização, criar uma conta de desenvolvedor do Facebook e adicionar um novo aplicativo.


 


Qualquer pessoa ou organização que queira fazer anúncios relacionados à política ou eleições nas plataformas precisam primeiro confirmar sua identidade e ter residência no Brasil.



 


Ferramentas facilitam a pesquisa e análise de publicidade sobre política ou eleições no Facebook e no Instagram (Foto: Reprodução)

Voltar