Cabine de emissora mineira é invadida após críticas de comentarista esportivo

ABERT

Sexta, 23 Outubro 2020 10:03


A cabine de transmissão da Rádio Minas, de Divinópolis (MG), foi invadida, na quarta-feira (21), pelo presidente do Guarani Esporte Clube, Nivaldo Batista, o Araújo, após o jogo entre Guarani e Athletic, no Estádio Waldemar Teixeira de Faria (Farião). Na invasão, Araújo travou uma forte discussão com a equipe de reportagem da emissora.


O episódio aconteceu após o comentarista da rádio Gustavo Freitas criticar a atuação da diretoria do Guarani, quando o Athletic completou o quarto gol na partida.


Em nota à imprensa (AQUI), a Associação Mineira de Rádio e Televisão (AMIRT) lamentou e repudiou a tentativa de impedir a liberdade de expressão da equipe de reportagem da emissora.


 


A ABERT lembra que todo e qualquer tipo de constrangimento à imprensa em sua missão de informar configura atentado contra a liberdade de expressão e deve ser repudiado com vigor.

Voltar