Globo vai a Berlim divulgar portfólio de séries

Meio & Mensagem-Mídia

Emissora participa da 68a edição da Berlinale, feira de conteúdo audiovisual que acontece na capital alemã


Bárbara Sacchitiello
19 de fevereiro de 2018 - 7h59


 



Monica Iozzi e Tony Ramos em cena da série “Vade Retro” (Crédito: Ramon Vasconcelos/Divulgação/Globo)


Conceituada em todo o mundo pela qualidade na produção de telenovelas, a Globo também vem trabalhando para ser internacionalmente reconhecida como uma rede produtora de séries para diversas plataformas – e, com isso, captar parcerias para a realização de trabalhos em esquema de coprodução.


Sob essa premissa, a rede de televisão participará, pelo segundo ano, da 68ª edição da Berlinale, festival internacional de audiovisual e filme, que teve início no dia 15 e vai até o próximo dia 25, na capital da Alemanha.


A emissora foi convidada para participar do Drama Series Day, apresentação especial de conteúdo produzido por veículos de todo o mundo cujo objetivo é oferecer os portfólios de uma empresa para outra. Para essa sessão, a Globo levará o seriado “Vade Retro”, escrita por Fernanda Young e Alexandre Machado, com direção de Mauro Mendonça Filho, exibida na TV aberta no ano passado.


 


Além disso, a emissora promoverá durante o festival um show case de 12 séries da safra recente da Globo, como Sob Pressão, Justiça, 13 Dias Longe do Sol, Carcereiros, Supermax, Cidade dos Homens e outras. A previsão era de que o diretor geral da Globo, Carlos Henrique Schroder, conduzisse a apresentação. O executivo, porém, não viajará mais ao evento.

Voltar