Telecom somou 2,6 milhões de transações fraudulentas no 1º semestre

CONVERGÊNCIA DIGITAL


Convergência Digital ... 21/07/2021 ... Convergência Digital


Os segmentos de e-commerce, telecomunicações e mercado financeiro sofreram mais tentativas de fraudes no primeiro semestre de 2021, com 2,6 milhões de transações potencialmente fraudulentas, segundo aponta o Mapa da Fraude divulgado nesta quarta, 21/7, pela ClearSale, empresa de soluções antifraudes.


A empresa analisou mais de mais de 182 milhões transações com cartão de crédito e identificou R$ 2,6 bilhões em fraudes tentadas no primeiro semestre, sendo a maior parte delas no comércio online. 


A categoria de produto mais fraudado segue sendo a dos celulares, respondendo por 5,1% das tentativas de fraude, seguido por produtos eletrônicos (4,9%) e games (4,2%).


“O aparelho celular tem valor líquido muito grande no mercado secundário, podendo ser facilmente revendido para gerar lucro rápido. Por isso ele costuma liderar a lista de produtos com mais tentativas de fraude”, explica o diretor de marketing e soluções da ClearSale, Omar Jarouche.


O setor de telecomunicações também foi analisado. Nele, a ClearSale revisou mais de 8,5 milhões de propostas e contratos no primeiro semestre e verificou 463 mil tentativas de fraudes, ou seja, 5,4% do total. 


Entre os golpes nessa área, destacam-se o uso indevido de dados, desvio de equipamentos, venda indevida de produtos ou serviços, redução indevida de fatura e upsell de serviços não contratados, entre outros.


 


No mercado financeiro foram analisadas quase de 21 milhões de propostas e as tentativas de fraude chegaram a 667 mil. Ou seja, 3,2% de todas as transações nesse setor foram golpes tentados em processos como abertura de contas, emissão de cartões, empréstimo pessoal e CDC por meios digitais.

Voltar