Morte de Joezil Barros deixa imprensa pernambucana em luto

COMUNIQUE-SE

 Anderson Scardoelli



 


O jornalista Joezil Barros. (Imagem: reprodução)


 


Jornalista, de 84 anos, estava internado por causa de uma infecção pulmonar


O jornalista Joezil Barros morreu nesta terça-feira, 21. Aos 84 anos, ele estava internado há duas semanas para tratar de uma infecção pulmonar. A morte dele deixou a mídia de Pernambuco e a política local em luto.


Em registro para o site JC.NE10, Marcelo Aprígio definiu o colega como “ícone” e “um dos principais nomes da história da imprensa pernambucana”. Joezil fez carreira no Diário de Pernambuco, concorrente direto do JC. No veículo de comunicação, ele trabalhou por cerca de 60 anos, chegando a ser o presidente da publicação.


Nos últimos tempos, o experiente comunicador estava trabalhando com assessoria de imprensa. Ele era chefe da equipe de comunicação do Tribunal de Justiça de Pernambuco.


 


Marcelo Aprígio não foi o único a lamentar a morte de Joezil Barros. Pelo Twitter, por exemplo, outros jornalistas e político registraram a tristeza com a partida do jornalista.

Voltar