LGPD aumentou demanda pela destruição de dados sensíveis

CONVERGÊNCIA DIGITAL


Convergência Digital* ... 19/05/2022 ... Convergência Digital


A demanda por serviços no mercado de destruição de dados sensíveis no Brasil cresceu depois que a Lei Geral de Proteção de Dados entrou em vigor, segundo informações compiladas pela CBL Tech. As exigências para coleta, tratamento e descarte de informações pessoais fez com que mais companhias procurassem serviços profissionais para eliminar dados sensíveis.


Entre os principais motivos está o fato de que não basta apenas deletar da estação de trabalho ou do servidor as informações de clientes, fornecedores, funcionários ou ex-funcionários de uma empresa, explica Romildo Ruivo, CEO da CBL Tech: “Muitas companhias lidam com dados sigilosos que precisam ser 100% eliminados de servidores e discos rígidos. Além de atender à LGPD, a destruição dos dados evita brechas de segurança e o favorecimento à ação de criminosos”.


Romildo explica que a partir das definições da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais “observamos aumento da procura por esse serviço na ordem dos 20%. O interesse vem de empresas de todos os segmentos, desde bancos, seguradoras, companhias de TI e até órgãos governamentais”.


O cuidado não diz respeito somente a computadores, servidores e aparelhos destinados à armazenagem de dados. Até máquinas de fotocópias hoje em dia possuem discos rígidos que armazenam imagens de centenas ou milhares de documentos. No caso de discos magnéticos, uma das alternativas para a destruição dos dados é a desmagnetização: “Mas, conforme o tipo do equipamento, é necessário empregar máquinas de destruição mecânica, que literalmente esmagam os aparelhos”, diz Romildo.


Soluções mais “gentis” também podem resolver o problema, ele explica: “Existem softwares específicos que podem eliminar informações com segurança, sem destruir a mídia física que contém os arquivos”. A empresa desenvolveu um software proprietário para essa finalidade, que elimina qualquer possibilidade de que os dados do disco rígido possam ser recuperados ou acessados, mesmo com a utilização de softwares mais sofisticados. Finalizado o trabalho, os equipamentos são enviados para reciclagem.


* Do CISO Advisor


 


 

Voltar