Em enquete, 71% afirmam que a propaganda partidária no rádio não ajuda na decisão do voto

TUDO RÁDIO

Segunda-Feira, 30 de maio de 2022 @ 07:31


São Paulo - Além de não ajudar na escolha de candidato paras as eleições, 38% ainda acha que a presença da propaganda eleitoral pode ser ruim para as emissoras de rádio


A propaganda partidária gratuita está de volta ao rádio. Não é difícil perceber a presença de spots comerciais de partidos políticos nos intervalos comerciais das FMs e AMs brasileiras. Mas será que essa prática é algo positivo para a audiência? Ajudará na escolha de candidatos e partidos no processo eleitoral de 2022? Para 71% dos participantes de uma enquete realizada pelo tudoradio.com a resposta é não. E parte desses radionautas ainda temem que a presença desses spots pode ser prejudicial para as emissoras de rádio. Acompanhe:


Na enquete realizada pelo tudoradio.com sobre o tema, 38% dos participantes não acham que essas inserções ajudarão a escolher um representante e partido nas eleições de 2022 e concordam com a afirmação de que "a presença da propaganda vai impactar negativamente na audiência das rádios"


Já 33% dos participantes também acham que a propaganda partidária não ajudará na escolha do voto, mas que também não irá interferir negativamente na audiência das estações.


Para 26% dos participantes a presença da propaganda partidária é positiva, sendo "uma alternativa viável para saber quais serão as propostas dos candidatos" e dos partidos. 


Vale lembrar que a propaganda partidária gratuita não é o horário eleitoral, que deverá surgir nas emissoras de rádio a partir do segundo semestre, quando o país estiver mais próximo das eleições.


 


A propaganda partidária gratuita foi suspensa da grade das emissoras de rádio a partir de 2017, porém o congresso brasileiro decidiu pelo seu retorno em 2021, processo que voltou para a rotina das estações a partir de 26 de fevereiro de 2022. A novidade nesse retorno é a possibilidade das rádios poderem prorrogar inserções nacionais da propaganda partidária até a meia-noite de cada dia de execução. 



 


Vale ressaltar que a enquete não conta com processo científico de avaliação, sendo apenas uma forma de saber como foi o comportamento dos visitantes do portal perante o tema proposto. O questionamento esteve em vigência entre a primeira quinzena de janeiro e a primeira semana de maio. E o número total de votos foi de 19.992.


A próxima enquete: como está a qualidade do áudio digital das emissoras brasileiras?


Em sua nova enquete, o tudoradio.com pergunta agora para os radionautas sobre a qualidade do streaming de áudio oferecido pelas emissoras brasileiras, com foco no som e também na estabilidade na conexão de internet. O tema é motivado pelo crescimento no consumo de áudio digital no Brasil, com a audiência de rádio via streaming avançando 186% em apenas três anos.


Para participar basta acessar tudoradio.com/enquetes ou responder no menu do portal, localizado na lateral esquerda para quem acessa via desktop e tablets.


Todos os direitos são reservados ao Portal tudoradio.com, conforme a lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita são permitidas, desde que contenham os devidos créditos ao Portal tudoradio.com.


 


Daniel Starck

Voltar