SET Centro-Oeste: TV linear segue sendo preponderante no Brasil

SET - News

Estudo da Kantar Ibope afirma que 79% do tempo dedicado ao vídeo é para TV aberta e por assinatura. Assim, o conteúdo de televisão está em todo o lugar, alcançando, em 2021, aproximadamente 205.876.165 de pessoas, que assistiram às emissoras de TV linear, em média, 5h37m por dia.


 


Os dados são da palestra A transformação no hábito de consumo de vídeo existe? que revelou os dados do estudoInsideVideo 2022, da Kantar Ibope, que foi apresentado por Melissa Vogel, CEO da Kantar IBOPE Media no Brasil. O painel foi moderado por Fernando Justus Fischer, Diretor de Operações Comerciais e Inteligência de Mercado do SBT.


Melissa Vogel, CEO da Kantar IBOPE Media no Brasil, disse que o vídeo é uma grande janela para as marcas, por isso “63% de todo o investimento publicitário feito em 2021 foi em formatos de vídeo, sendo que para as principais marcas do mercado brasileiro, esse percentagem chega as 88%”.


Vogel disse que as medições da Kantar Ibope estão sendo feitas por um vídeo meter que permite agora ter audiência de TV linear e de trafego de internet. O InsideVideo 2022 revelou que 98% das pessoas assistiram a qualquer conteúdo de vídeo dentro de casa no primeiro trimestre deste ano, e 65% consumiram a algum vídeo no dia. Assim, a jornada de vídeo indica que o consumo de TV linear continua sendo maior que o de conteúdo on-line.


Vogel disse que hoje 62% do consumo de vídeo é em grandes telas, seguido pelos smartphones com 6%. Hoje “Temos 57% de residências com TV Conectada, sendo que em 2017 alcançava apenas 27%”.Desse consumo de vídeo em domicílios, o “35% do consumo de vídeo se realiza acompanhado”, assim o consumo acontece em todos os ambientes, com 21% consumem VoD e TV línea, a TV linear chega as 54%”.


TV Linear


Assim, 21% é dedicado a uma plataforma de vídeo online, enquanto o 79% do tempo dedicado ao vídeo é a TV aberta e paga. Assim, o conteúdo de televisão está em todo o lugar, principalmente, na Televisão, com um alcance de 205.876.165 de pessoas assistiram as emissoras de TV linear com uma media de 5h37m por dia .


Conclusões


Segundo Vogel,  1) o formato de vídeo é chave para a publicidade – construção de marca e ação. 2) O consumidor busca em vídeo nos locais e momentos que fazem sentido para ele. 3) As TVs conectadas são o principal device para consumo de TV dentro de casa. Experiência e tecnologia são impulsionadores deste consumo. 4) A programação de TV linear é a mais popular e alcança uma quantidade enorme de pessoas diariamente. 5) Vídeo Online não é tudo igual. Vemos uma diferença considerável no comportamento de consumo entre formatos de AVOD e SVOD. 6) O conteúdo importa, mas o bolso tem um limite. Em um cenário em transformação quem tem os dados tem uma importante vantagem competitiva.


 


Por Fernando Moura, em São Paulo

Voltar