Ancine vai divulgar dados mensais de programação da TV paga

Telesintese-Plantão

Material mostra que quase 80% da programação da TV paga é de conteúdo estrangeiro.


Rafael Bucco10 de agosto de 2017


A partir de hoje, 10, a Agência Nacional do Cinema passa a divulgar mensalmente dados sobre a programação da TV paga. Entre as informações que serão publicadas estarão a quantidade de obras nacionais veiculadas, a parcela exibida em horário nobre, as empresas que mais veiculam conteúdo nacional, quais obras foram mais reprisadas, entre outros índices.


O primeiro relatório já mostra que, nos canais de espaço qualificado submetidos à cota de 3h30 de conteúdo brasileiro no horário nobre, a maior incidência de programação brasileira se dá no horário das 18h às 19h30. Mostra, ainda, que apenas 13,4% do percentual de horas de programação no horário nobre são de obras brasileiras, sendo 9,7% obras independentes e 3,7% não independentes.


O levantamento traz um ranking dos canais com mais horas de programação brasileira no horário nobre. Na ordem, Multishow, Canal Viva, GNT, Discovery Home and Health, Fox 1, A&E, Telecine Touch, Lifetime, Comedy Central e Paramount Channel. Os dados dizem respeito ao mês de dezembro de 2016.


Os resultados são produzidos a partir de informações extraídas dos relatórios que as programadoras de TV enviam mensalmente à ANCINE, via Sistema de Recepção de Programação de TV (SRPTV).


Mais resultados de dezembro de 2016


O material mostra que 78,3% da programação dos canais de espaço qualificado, aqueles que devem atender a cotas de conteúdo nacional, é ocupado por produções estrangeiras. No canais CEQ infantis, 75,5% da programação do horário nobre é estrangeira.


O material indica que as programadoras exibem mais conteúdo brasileiro fora do horário nobre. Foram 7:01 de conteúdo nacional neste horários, contra 6:37 no horário nobre. Em compensação, o horário nobre tende a ser ocupado mais por obras independentes. Foram 4h desse tipo de conteúdo, versus 2:42 de produções não independentes.


Em outro ranking, a Ancine mostra que o canal Comedy Central é o que mais exibe produções independentes, seguido de Lifetime, Telecine Cult, Telecine Premium, Telecine FUN, Food Network, Telecine Pipoca, Eurochannel, Megapix e HBO Signature.


 


Como não podia deixar de ser, a separação por grupos econômicos mostra que os canais Globo são os que mais veiculam conteúdo nacional: 10h30 por mês, por canal. Em segundo lugar vem a Viacom, com 4h54 ao mês por canal, e em terceiro, a Time Warner, com 4h20 por mês por canal. Em se tratando de obras independentes, o ranking é: Viacom, Time Warner e Globo.

Voltar