Jornalista japonês sequestrado na Síria é libertado após três anos

Folha de S. Paulo-Mundo

Jumpei Yasuda está agora em um centro de imigração no sul da Turquia


 
O jornalista japonês Jumpei Yasuda em Antakya, na Turquia - Antakya Governorate/Associated Press


24.out.2018 às 8h45


  Tóquio


Um jornalista japonês que havia sido sequestrado há três anos na Síria foi libertado e está em segurança na Turquia, confirmou nesta quarta-feira (24) o governo do Japão. 


Representantes da embaixada japonesa na Turquia se encontraram com o jornalista, Jumpei Yasuda, em um centro de imigração no sul do país, próximo à fronteira com a Síria.


"Estamos extremamente satisfeitos em confirmar que Jumpei Yasuda está em segurança", afirmou o chanceler japonês, Taro Kono. 


[ x ]


Yasuda foi sequestrado em 2015 por uma frente da Al Qaeda na Síria conhecida como Frente Nusra. 


"Meu nome é Jumpei Yasuda, jornalista japonês, e fui mantido na Síria por 40 meses", diz em vídeo divulgado pela TV pública do Japão, NHK. "Agora estou na Turquia. Agora estou a salvo. Muito obrigado."


NHK disse que o vídeo foi gravado no centro de imigração. 


Associated Press e Reuters


 


 

Voltar