MCTIC quer bater logo o martelo sobre interferência do 5G em 3,5GHz na banda C

Convergência Digital - Telecom

 


Ana Paula Lobo e Rafael Mariano ... 12/11/2019 ... Convergência Digital


 


Ao participar do XII TelComp 2019, que acontece nesta terça-feira,12/11, em São Paulo, o secretário de Telecomunicações do MCTIC, Vitor Menezes, afirmou que o ministério vai fazer uma portaria para endereçar, de uma vez por todas, uma solução para mitigar a interferência do 5G na banda C na faixa de 3,5GHz.


Menezes disse que esta semana será conhecido um relatório contratado pelas operadoras ao CPqD, a partir de uma segunda rodada de testes realizados para definir se serão contratados filtros ou haverá a migração dos usuários da banda C para a banda KU.


Em entrevista a CDTV, do portal Convergência Digital, Vitor Menezes disse que do ponto de vista técnico, as duas soluções são viáveis, mas uma tem um custo mais caro do que o outro - a migração da banda C para a banda Ku chega a ser três vezes mais cara. "Mas temos de dar uma definição. Uma das duas será a adotada a partir da decisão da Anatel. Essa mitigação terá de acontecer", reforçou Menezes.


Sobre o leilão 5G, o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, disse que a destinação de espectro para as empresas de Internet é muito bem vista no Ministério, uma vez que são elas que estão fazendo a expansão da banda larga fixa.


Indagado se a fragmentação do espectro - um dos pontos mais criticados na proposta do relator Vicente Aquino - preocupava, o executivo disse que não, uma vez que ficou claro que haverá a destinação mínima de 50 MHz continuada para cada contratante. Assista a entrevista com o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes.

Voltar