EBC anuncia iniciativa de comunicação interna para integrar mais de 1900 funcionários e colaboradores

PORTAL IMPRENSA - NOTÍCIAS

Redação Portal IMPRENSA | 28/11/2019 10:43


Criada em 2007 para fortalecer o sistema público de comunicação, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) lançou semana passada a TV Corporativa. Trata-se de um canal de comunicação interna, que levará conteúdo a todos empregados e colaboradores, visando integrar as equipes e aumentar o engajamento dos profissionais.


A EBC é gestora da TV Brasil, da Agência Brasil, Radioagência Nacional, Portal EBC, Rádio MEC AM, Rádio MEC FM, Rádio Nacional do Alto Solimões, Rádio Nacional da Amazônia, Rádio Nacional de Brasília AM, Rádio Nacional FM de Brasília e Rádio Nacional do Rio de Janeiro.


A iniciativa de criação da TV Corporativa conta com 50 monitores que levam as notícias aos funcionários. Os monitores foram espalhados nas instalações das empresas geridas em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.


Para saber mais sobre essa iniciativa, o Portal IMPRENSA conversou com o gerente executivo de comunicação, marketing e negócios da EBC, Floriano Amorim.


 


 


Crédito:Divulgação



 


Comunicação interna: 50 monitores levarão conteúdo da TV Corporativa para 1900 funcionários da EBC


 


Portal IMPRENSA - Por que a EBC decidiu investir nesse tipo de comunicação com os funcionários?


Floriano Amorim - A EBC está em um momento de transformações, buscando cada vez mais modernidade, mais sustentabilidade, cada vez mais transparência e agilidade no fornecimento de conteúdos, bem como uma aproximação maior entre gestores e empregados. É importante que isso seja claramente percebido por quem faz a EBC diariamente e que de fato, todos possam acompanhar as transformações da empresa.


Por isso a Gerência Executiva de Comunicação, Marketing e Negócios capitaneou o trabalho conjunto de diversos setores da EBC, para o desenvolvimento da TV CORPORATIVA, o novo canal de informações dos empregados da EBC, entregando modernidade, agilidade e até mesmo, economia de receitas, visto que essa TV vai diminuir o uso de papel para avisos, campanhas, entre outras ações.


 


Portal IMPRENSA - Qual o número de funcionários beneficiados? 


Floriano Amorim - A TV CORPORATIVA vai alcançar cerca de 1900 empregados distribuídos nas praças de Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.


 


Portal IMPRENSA - Por favor, exemplifique os tipos de conteúdo que serão veiculados. 


Floriano Amorim - Teremos uma grande variedade de conteúdos, que vão de informações sobre decisões em reuniões de Conselhos e Diretorias até lançamentos em primeira mão de novos programas nas rádios e TV.


Além disso, a TV Corporativa também exibirá campanhas de ética, saúde (Exemplo: combate à a Dengue, Outubro Rosa, Novembro Azul etc.), campanhas motivacionais, divulgação de benefícios, orientações administrativas e tudo que for útil e de interesse dos empregados.


Serão exibidos ainda conteúdos de acervo histórico, além de pequenas notícias do Brasil, fornecidas pela nossa Agência Brasil.


Todos esses conteúdos foram divididos em “editorias” definidas por um grupo de trabalho também composto por profissionais de várias áreas da empresa, de modo a validar e não deixar nada de interesse coletivo fora do novo canal.


 


Portal IMPRENSA - Eles serão atualizados com qual periodicidade? 


Floriano Amorim - A variedade de conteúdos faz com que a TV Corporativa seja atualizada constantemente. Porém, dependendo do tipo de conteúdo, pode ser diário, semanal ou até várias vezes ao dia. Exemplo: as pequenas notas vindas da Agência Brasil serão mais regulares do que conteúdos atemporais como peças de acervo, premiações, entre outros.


Decisões da diretoria que precisem chegar aos empregados, também não tem periodicidade. Serão divulgadas quando acontecerem essas reuniões. Desse modo, dependendo da informação, da editoria, esse período de atualização muda.


 


Portal IMPRENSA - Quem fará a produção dos conteúdos? 


Floriano Amorim - A Gerência Executiva de Comunicação, Marketing e Negócios tem uma equipe que irá monitorar e alimentar a TV Corporativa. Mas como foi dito na pergunta anterior, o conteúdo virá das mais diversas áreas da EBC, como por exemplo: área de recursos humanos, administrativo, programação das rádios e TV, Secretaria Executiva, Agência Brasil... Trabalhamos em layouts e templates variados  que receberão esses conteúdos.


 


PORTAL IMPRENSA - Quanto foi investimento?  


Floriano Amorim - O investimento foi praticamente zero. Isso porque a EBC, também pensando na sustentabilidade nos mais diversos sentidos, aproveitou equipamentos parados ou descartados por já não atenderem às necessidades, para montar a estrutura física. Estamos falando de monitores de computadores que viraram monitores de TV, cabos em desuso que serviram para ligar esses monitores, entre outros.


 


 A estrutura física foi erguida pela área de serviços gerais, o sistema desenvolvido pela área de TI, o conteúdo como dito,  já é trabalhado diariamente por inúmeros profissionais da casa. Agora todo esse conteúdo que estava espalhado, vai de fato chegar a todos.

Voltar